Quem sou eu

Minha foto
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Somos o Ministério de Louvor e Adoração Reino de Sacerdotes. Cremos que Jesus Cristo é o Filho de Deus e Salvador de todo aquele que nele crê. Cremos em um só Deus, uma só fé - a fé em Jesus - Filho Unigênito de Deus, e que por Ele todos fomos reconciliados com o Pai. Cremos que o Louvor e adoração são armas poderosas de libertação, cura e restauração, e que o louvor só é genuino, se nossa vida, estiver diante do altar, em tudo que fazemos, pensamos, e vivemos.

Seguidores

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Ele nos ama...

Um dia, quando eu estava no meu carro voltando de um ensaio no Rio Comprido, por volta das 22:30h de uma 5a. feira, repetia a minha oração repetidas vezes: “Senhor, o que você quer de mim” Em um momento rápido o Senhor respondeu-me falando diretamente ao meu coração, Ele disse: “Ame a mim, onde você está.”  Aquela resposta foi o suficiente para que lágrimas rolassem do meu rosto lavando a minha alma, como uma chuva repentina e forte.
O som do meu carro tocando a música do Ministério Casa de Davi "O TEU AMOR ME ALCANÇOU" (é a minha cara essa música) me fez falar em linguas e amando o meu Senhor com um sentimento profundo.
Para amar ao Senhor não se escolhe lugar e horário, quem ama, ama em todos os lugares e em todos os momentos.  O nosso Senhor espera de nós um amor incondicional, um amor que O atraia como uma linda canção aos ouvidos.  Porque Ele nos ama de tal forma que não pode nos ver sem Ele um só momento.
Ele quer nos amar, amar, amar... em qualquer hora, qualquer lugar de qualquer jeito.
Por Robson Inácio

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

CRISTÃOS, NOMES E TÍTULOS

O amor de Deus para com o homem é incontestável, em toda a Bíblia O encontramos demonstrando este carinho, este cuidado é um zelo que jamais poderemos explicar. Nesta relação, veremos os mais diversos nomes e expressões com as quais os “santos” são designados, são formas carinhosas, agradáveis que em sua essência externa o amor de Pai para com a sua criatura.


Quero que o teu coração seja sensibilizado pelo Espírito Santo, que teus olhos sejam abertos e vejas o quanto és especial para o Todo-Poderoso, és objeto de um zelo gratuito do qual não somos merecedores.


Nossa alegria deve ser extrema, pois fomos alcançados pela grande misericórdia e resta-nos como dever, vivermos em santidade, pureza, demonstrando o amor que nos foi dado. É o tempo certo para derramar-nos diante do santo trono, jogarmos fora todas as tradições e pré-determinações de homens; e, cheios do Espírito Santo deixar-nos levar pelo vento do Senhor.

Veja os nomes e expressões que designa os santos do Senhor:

Crentes – At 5.14; 1Tm 4.12
Amados de Deus – Rm 1.7
Benditos do Senhor – Gn 24.31; 26.29
Benditos do Pai – Mt 25.34
Irmãos – Mt 23.8; At 12.17
Irmãos de Cristo – Lc 8.21; Jo 20.17
Chamados – Rm 1.6
Filhos do Senhor – Dt 14.1
Filhos de Deus – Jo 11.52; 1Jo 3.10; Rm 9.26
Filhos do Pai – Mt 5.45
Filhos do Altíssimo – Lc 6.35
Filhos de Abraão – Gl 3.7
Filhos de Jacó – Sl 105.6
Filhos da Promessa – Rm 9.8; Gl 4.28
Filhos do Reino – Mt 13.38
Filhos de Sião – Sl 149.2; Jl 2.23
Filhos da Luz – Lc 16.8; Ef 5.8
Filhos do Dia – 1Ts 5.5
Filhos da Ressurreição – Lc 20.36
Filhos Queridos – Ef 5.1
Escolhidos – 1Cr 16.13
Vasos Escolhidos – At 9.15
Cristãos – At 11.26; 26.28
Geração Escolhida – 1Pe 2.9
Discípulos de Cristo – Jo 8.31; 15.8
Eleitos de Deus – Cl 3.12; Tt 1.1
Epístolas de Cristo – 2Co 3.3
Excelentes – Sl 16.3
Irmãos fiéis de Cristo – Cl 1.2
Fiéis – Sl 12.1
Concidadãos dos Santos – Ef 2.19
Co-herdeiros – Ef 3.6; Rm 8.17
Conservo – Ap 6.11
Amigos de Deus – 2Cr 20.7; Tg 2.23
Amigos de Cristo – Jo 15.15
Piedosos – Sl 4.3; 2Pe 2.9
Herdeiros de Deus – Rm 8.17; Gl 4.7
Herdeiros do Reino – Tg 2.5
Herdeiros da Promessa – Hb 6.17; Gl 3.29
Herdeiros da Salvação – Hb 1.14
Santos Irmãos – 1Ts 5.27; Hb 3.1
Nação Santa – Ex 19.6; 1Pe 2.9
Povo Santo – Dt 26.19; Is 61.1,2
Sacerdócio Santo – 1Pe 2.5
Justos – Hc 2.4;
Reis e Sacerdotes de Deus – Ap 1.6
Cordeiros – Is 40.11; Jo 21.15
Luzes do Mundo – Mt 5.14
Filhinhos – Jo 13.33; 1Jo 2.1
Pedras Vivas – 1Pe 2.5
Membros de Cristo –
1Co 6.15; Ef 5.30
Homens de Deus –
Dt 33.1; 1Tm 6.11; 2Tm 3.17
Filhos Obedientes – 1Pe 1.14
Povo Peculiar – Tt 2.14; 1Pe 2.9
Povo de Deus – Hb 4.9; 1Pe 2.10
Colunas no Templo – Ap 3.12
Redimidos – Is 35.10; 51.11
Sacerdócio Real – 1Pe 2.9
Sal da Terra – Mt 5.13
Servos de Cristo – 1Co 7.22; Ef 6.6
Sevos da Justiça – Rm 6.18
Ovelhas de Cristo – Jo 10.1-16; 21.16
Peregrinos com Deus – Lv 25.23; Sl 39.12
Libertos do Senhor – 1Co 7.22

Amados do Senhor, que cada um procure honrar tão valorosos títulos, vivendo condigno aos princípios dos santos.
fonte: http://www.vivos.com.br/

JESUS, NOMES E TÍTULOS

Jesus esteve presente nos tempos eternos, nos quais, Deus alegrava-se com a idéia da criação; participou do gênesis ativamente e ainda nos dias iniciais da existência do homem, foi alvo de uma profecia – promessa – que apontava para o maior dos sacrifícios, através do qual, a humanidade seria restaurada e viveria uma nova dimensão, uma vida fundamentada na rocha, inabalável e firme o suficiente para suportar as intempéries do dia-a-dia.

Oh graças! Muitos séculos passaram-se desde aquele dia memorável, no qual a promessa foi firmada, mas, o Todo-Poderoso não se esquece! E no tempo oportuno, explicita o quanto gosta do homem, enviando o Senhor para o sacrifício que restauraria a comunhão pessoal com Ele.


Neste artigo, quero mostrar a grandiosidade do Senhor Jesus, apresentando os Títulos e Nomes, pelos quais foi reconhecido pelo Seu povo.

Veja:

1) Advogado - 1Jo 2.1


2) Todo-Poderoso - Ap 1.8

3) Braço do Senhor - Is 51.9; 53.1


4)Autor e consumador da fé Hb 12.2

5) Autor da Salvação Hb 2.10 e 5.9


6) Filho Amado - Mc 1.11

7) Renovo – Is 4.2


8) Pão da Vida – Jo 6.35

9) Supremo Pastor – 1Pe 5.14


10) Cristo de Deus – Lc 9.20

11) Consolador de Israel - Lc 2.25


12) Pedra de Esquina – Sl 118.22

13) Conselheiro – Is 9.6


14) Criador – Jo 1.3

15) Sol Nascente – Lc 1.78


16) Libertador – Rm 11.26

17) Porta – Jo 10.7


18) Eleito de Deus – Is 42.1

19) Pai Eterno – Is 9.6


20) Primeiro e Último – Ap 1.5

21) Primogênito – Ap 1.5


22) Precursor – Hb 6.20


23) Glória do Senhor – Is 40.5


24) Deus – Jo 20.28; Rm 9.5


25) Bom Pastor – Jo 10.11


26) Guia – Mt 2.6


27) Sumo – Sacerdote – Hb 4.14


28) Cabeça da Igreja – Ef 1.22


29) Herdeiro – Hb 1.2


30) Santo Servo – At 4.27


31) Santo – At 3.14


32) Santo de Deus – Mc 1.24


33) Santo de Israel – Is 41.14


34) Salvação – Lc 1.69


35) Eu Sou – Jo 8.58


36) Imagem de Deus – 2Co 4.4


37) Emanuel – Is 7.14


38) Jesus – Mt 1.21


39) Jesus de Nazaré – Mt 21.11


40) Juiz de Israel – Mq 5.1


41) Justo – At 7.52


42)Rei – Zc 9.9


43) Rei dos Séculos – 1Tm 1.17


44) Rei dos Judeus – Mt 2.2


45) Rei dos Reis - 1Tm 6.15


46) Rei das Nações – Ap 15.3


47) Legislador – Is 33.22


48) Cordeiro – Jo 1.29; Ap 13.8


49) Príncipe – Is 55.4


50) Vida – Jo 14.6


51) Luz do Mundo – Jo 8.12


52) Leão de Judá – Ap 5.5


53) Senhor da Glória – 1Co 2.8


54) Senhor dos Senhores –1Tm 6.15


55) Homem de Dores – Is 53.3


56) Mediador – 1Tm 2.5


57) Mensageiro da Aliança – Ml 3.1


58) Messias – Jo 1.41


59) Deus Poderoso – Is 9.6


60) Poderoso – Is 60.16


61) Estrela da Manhã – Ap 22.16


62) Nazareno – Mt 2.23


63) Filho Unigênito – Jo 1.18


64) Príncipe da Vida – At 3.15


65) Príncipe da Paz – Is 9.6


66) Profeta – Lc 24.19; At 3.22


67) Ressurreição e Vida – Jo 11.25


68) Rocha – 1Co 10.4


69) Raiz de Davi – Ap 22.16


70) Palavra de Deus – Ap 19.13


71) Salvador – Lc 2.11


72) Semente da Mulher – Gn 3.15


73) Pastor – 1Pe 2.25


74) Filho de Deus Bendito – Mc 14.61


75) Filho de Davi – Mt 1.1


76) Filho de Deus – Mt 2.15


77) Filho do Altíssimo – Lc 1.32


78) Filho do Homem – Mt 8.20


79) Filho da Justiça – Ml 4.2


80) Verdadeira Luz – Jo 1.9


81) Videira Verdadeira – Jo 15.1


82) Verdade – Jo 1.14

83) Palavra, Verbo – Jo 1.1


84) Bispo – 1Pe 2.25

Este é Jesus, grande o suficiente para jamais poder entendê-lo (Rm 9.5), mas, tão humilde e amável, quanto um cordeiro (Jo 1.29).

Sejamos pois, um com o Senhor Jesus Cristo!

Amém.

fonte: http://www.vivos.com.br/

SACERDOTES - Conhecendo 2

Informações completas, compiladas da Bíblia sobre o SACERDOTE:

a) Primeira menção de pessoas a agirem como Sacerdote. Gn 4:3.4
b) Durante o período patriarcal, os chefes agiam como tais. Gn 8:20: 12:8: 35:7
c) Após o Êxodo, certos jovens (primogênitos) fora, nomeados para agirem como tais. Ex 23:5 com, 19:22
d) Os filhos de Arão nomeados sumo sacerdotes por estatuto perpetuo. Ex 29:9: 40:15
e) Todos, com exceção da descendência de Arão. Excluídos do sacerdócio levítico. Nm 3:10; 16:40: 16:7
f) Santificados por Deus para o oficio. Ex 29:44
g) Publicamente consagrados. Ex 28:3; Nm 3:3


Cerimônia de Consagração:

a) Lavagem em água, Ex 29:4: Lv 8:6
b) Vestir em vestes santas Éx. 29:8.9: 40:14: Lv 8:13
c) Ungir com óleo. Ex 30:30: 40:13
d) Oferecer sacrifícios, Ex 29:10-19: 8:14-23
e) Purificação pelo sangue do carneiro da consagração. Ex 29:20.21: Lv 8:23.24
e) Imposição das mãos sobre, a oferta movida. Éx 29:22-24: Lv 8:25-27
f) Participar dos sacrifícios da consagração, Ex 29:31-33: Lv 8:31,32
g) Duravam sete dias. Éx. 29:35-37: Lv 8:33
h) Tinham de ficar no tabernáculo sete dias após sua consagração. Lv 8:33-36
i) Nenhuma Pessoa, defeituosa podia ser consagrada para o sacerdócio levítico. Lv 21:17-23
j) Era necessário provar a genealogia, antes de exercer o oficio. Ed 2:62: Nm 7:64

Suas Vestes:
a) Túnica. Ex 28:40: 39:27
b) Cinto. Ex 20:40
c) Tiaras, Ex 28.40: 39:28
d) Calções de linho. Ex 28:42: 39:28
e) Usadas na consagração, Ex. 29:9: 40:15
f) Sempre usadas enquanto oficiavam no tabernáculo. Is 28:43: 39:41
g) Usadas pelo sumo-sacerdote no dia da expiação. Lv 16:4
h) Purificadas por sangue aspergido Ex 29:21
i) Guardadas em câmara santa. Ex 44:19
j) Freqüentemente providas pelo povo. Ed 2:68,69: Nm 7:70.72
k) Era necessário lavar-se na bacia de bronze antes de realizarem seu serviço. Ex 30:17.21

Seus serviços:
a) Tomar conta do tabernáculo, etc Nm 18:1,5.7
b) Cobrir os objetos sagrados do santuário antes de sua remoção. Nm 4:5-15
c) Oferecimento de sacrificio.. Lv cap. 1 a 6; 2 Cr 29:34: 35:11
d) Acender e conservar em ordem as lâmpadas do santuário. Ex 27:20.21; Lv 24:3.4
e) Conservar sempre aceso, o fogo do altar, Lv 6:12.13
f) Queimar o Incenso. Ex 30:7.8: Lc 1:9
g) Colocar e remover os pães da proposição. Lv 24:5-9
h) Oferecer os primeiros frutos. Lv 23:10.11; Dt 26:3.4
i) Abençoar o povo. Nm 6:23-27
j) Purificar os imundos.. Lv 15:30.31
k) Decidir os casos de ciúme. Nm 5:14.15
l) Decidir os casos de lepra. Lv 13:2-59: 4:34-45
m) Julgar os casos de controvérsia. Dt 17:9-13; 21:5
n) Ensinar a lei. Dt 33:0.10: Ml 2:7
o) Tocar as trombeta em várias ocasiões. Nm 10:1-10: Is 6:3.4
p) Transportar a arca. Js 3:6.17; 6:12
q) Encorajar a povo, ao irem à guerra. Dt 20:1-4
r) Avaliar as coisas devotadas. Lv 27:8
s) Tinham de viver do altar, visto que não possuíam herança. Dt 18:1.2; 1 Co 9:13


Viviam sobre leis especiais:
a) Não podiam casar-se oca mulheres divorciadas ou impróprias. Lv 21:7
b) Não podiam contaminar-se pelos mortos, exceto pelos parentes mais próximos. Lv 21:1-6
c) Não podiam beber vinho, etc., enquanto estivessem servindo no tabernáculo. Lv 10:9; Ez 44:21
d) Não podiam contaminar-se, comendo o que tinha morrido por si mesmo. Lv 22:8
e) Enquanto estivessem imundos, não podiam realizar qualquer serviço. Lv 22:1.2 com Nm 19:6.7
f) Enquanto estivessem imundos, não podiam comer das coisas santas. Lv 22.3-7
g) Nenhum hospede ou servo contratado podia comer de sua porção. Lv 22:10
h) Todos os servos comprados os nascidos na casa, podiam comer de sua porção. Lv 22:11
i) Seus filhos, casados com estranhos, não podiam comer sua porção. Lv 22:12
j) As pessoas que ignorantemente comessem de suas coisas santas, tinham de fazer, restituição. Lv 22:14-16
k) Divididos por Davi em vinte e quatro turmas. Cr 24:1-19; 2 Cr 8:14; 35:4.5
l) As quatro turmas que voltaram da Babilônia subdividiram-se em vinte e quatro. Ed 2:36-39 com Lc 1:5
m) Cada turma tinha seu Iíder. 1Cr 24.6,31: 2Cr 36:14
n) Seus serviços divididos por sorte. Lc 1:9
o) Castigo para quem invadisse seu oficio. Nm 16.1-35; 10:7; 2Cr 26:16-21
p) Em ocasiões especiais, pessoas não pertencentes à família de Arão agiram como sacerdotes Jz 6:24-27; 1Sm 7:9; 1Rs 18:33


Foram algumas vezes:
a) Foram cobiçosos. 1Sm 2:13-17
b) Foram beberrões. Is 28:7
c) Foram profano, e ímpios. 1Sm 2:22-24
d) Focam injustos. Jr 6:13
e) Foram corruptores da lei. Is 28:7 com Ml 2:8
f) Foram lentos em santificar-se ao serviço de Deus.. 1Cr 29:34
g) Geralmente participavam com o povo, em seu castigo. Jr 14:10; Lm 2:20
h) Ou mais vis do povo feitos sacerdotes por Jeroboão e outros. 1Rs 12:31; 2Rs 17:32
i) Suas cerimônias, ineficaz para remover o pecado. Hb 7:11; 10:11


Ilustram:
a) Cristo. Hb 10:11.12
b) Os Santos.. Ex 19:6: 1Pe 2:9


Leis referentes:
Is 29:1; 40:15; Lv 10:9; 21:1; Ed 7:24; Ne 7:65


Deviam ser santos:
Ex 19:22; Lv 10:3; 21:6; 22:9; 2Cr 6:41; Is 52:11; Ml 2:7


Alguns Idolatras. Exemplo:
Jz 17:5; 1 Sm 5:5; 1Rs 12:31; 13; 2 Rs 10:11; 11:18; 23:5.20


Seus Alimentos:
Ex. 29:32; Lv 6:16; 7:6.15; 8:31; 10:12,17; 24:9: Nm 18:31


Sua Herança:
Nm 18:20; 26:62; Dt 10:9; 12:12; 14:27; 18:2; Js 13:14; 14:3; 18:7;
Ez 44:28; 45:4.


Sumo Sacerdotes:
a) Especialmente chamado por Deus. Ex 28:1.2; Hb 5:4
b) Consagrado para seu oficio. Ex 40:13; Lv 8.12


Era chamado de:
a) O sacerdote. Ex 29:30; Ne 7:65
b) Sumo-sacerdote de Deus. At 23:4
c) Príncipe do povo. Ex 22:28 com At 23:5
d) Seu oficio. Hereditário. Ex 29:29
e) Segundo em categoria, após o rei. Lm 2.6
f) Freqüentemente exercia poder civil principal. 1 Sm 4:18


Seus Deveres:
a) Oferecer dons e sacrifícios. Hb 5:1
b) Acender as lâmpadas sagrada. Ex 30.8; Nm 8:3
c) Fazer expiação ao santo dos Santos, uma vez por ano. Lv 16; Hb 9:7
d) Apresentar ao Senhor os nomes das tribos de Israel, como memorial.
Ex 28:12,29
e) Interrogar a vontade de Deus pelo Urim e Tumim. 1 Sm 23:9-12: 30:7.8
f) Consagrar os levitas. Nm 8:11-21
g) Nomear sacerdotes aos, diversos ofícios. 1 Sm 2.36
h) Cuidar do dinheiro coligido no tesouro sagrado. 2 Rs 12:10; 22:4
i) Presidir o tribunal superior. Mt 26:3.57-62; At 5.21-28; 23.1-5
j) Fazer o recenseamento do povo. Nm 1:3
k) Abençoar o povo. Lv 9:22.23
l) Algumas vezes capacitado a profetizar. Jô 11.49-52


Comissionado:
a) Chamado de segundo sacerdote. 2 Rs 25:18
b) Exercia supervisão sobre o tabernáculo. Nm 4.16
c) Exercia supervisão sobre os levita.. Nm 3:32
d) Precisava casar-se com uma virgem da família de Arão. Lv 21.13,14
e) Proibido lamentar quem quer que fosse. Lv 21:10-12
f) Devia ser terno e compassivo. Hb 5:2
g) Precisava oferecer sacrifício por si mesmo. Hb 5:1-3


Tipificava Cristo
a) Por ser chamado por Deus. Hb 5:4,5
b) Por seu título. Hb 3:1
c) Por sua nomeação. ls 61:1; Jo 1:32-34
d) Por fazer expiação. Lv 16:33: Hb 2:17
e) Por suas vestes esplendidas. Ex 28:2 com Jo 1:14
f) Por estar sujeito à tentação, Hb 2:18
g) Por sua compaixão e simpatia pelos pobres e ignorantes. Hb 4.15; 5.1,2
h) Por casar-se com uma virgem. Lv 21:13.14; 2 Co 11:2
i) Pela santidade de seu oficio. Lv 21:15 com Hb 7:26
j) Por realizar sozinho todo o culto no dia da expiação. Lv 16 com Hb 1:3
k) Por trazer os nomes das tribos de Israel sobre o coração.
Ex 28.29 com Ct 8.6
l)Porque só ele entrava no santo dos Santos.
Hb 9.27 com vers. 12,24 e Hb 4.14
m) Por sua intercessão. Nm 16:43-48: Hb 7:25
n) Por sua benção. Lv 9.22,23; At 3.26


Inferior a Cristo
a) Por necessitar de expiação para seus próprios pecados.
Hb 5:2,3; 7:26-28; 9:7
b) Por ser da ordem de Arão. Hb 6:20; 7:11-17; 8:4.5 com vers. 1.2,6
c) Por ser sem juramento. Hb 7:20-22
d) Por são ser capaz de continuar. Hb 7.23,24
e) Por oferecer continuamente o mesmo sacrifício. Hb 9:25,26,28; 10:11,12,14
f) Por entrar anualmente no santo dos Santos. Hb 9.7,11,15


fonte: http://www.vivos.com.br/

SACERDOTES - Conhecendo 1

Antes de considerar os vários aspectos bíblicos do sacerdote, é necessário mostrar quais são as características essenciais do sacerdócio. Que devia o sacerdote fazer, na sua qualidade de sacerdote, que nenhum outro pudesse realizar sob quaisquer circunstâncias? A mais exata definição de sacerdote acha-se em Hb 5.1. O sacerdote era ”constituído nas coisas concernentes a Deus a favor dos homens”. Quer isto dizer que ele apresentava ao Senhor coisas, dons e sacrifícios, ofertas do homem a Deus; e o seu trabalho era realmente oposto ao do profeta, que devia revelar Deus ao homem. Nesta consideração, a idéia fundamental de sacerdote é a de um mediador entre o homem e Deus. O sacerdote apresenta-se entre o homem e Deus, como na verdade aparece o profeta entre Deus e o homem.


Quando o sacerdote efetuava qualquer outro trabalho, já não era como sacerdote que exercia essa missão, mas somente como executante das funções de outros homens. Este ato do sacerdote, na sua obra para Deus, é sempre acentuado nas Sagradas Escrituras (Ex 28.1; Ez 44.16; Hb 7.25). Nos tempos patriarcais, o chefe da família, ou da tribo, operava como sacerdote, representando a sua família diante de Deus. Foram assim considerados Noé, Abraão, Isaque e Jacó.

terça-feira, 5 de outubro de 2010